Melhor Maneira de Perder Peso➤ Guia Completo

melhor maneira de perder peso

Melhor Maneira de Perder Peso – Perder peso não é tarefa fácil, pois não basta ter o desejo de emagrecer, é preciso, em muitos casos, uma profunda mudança de hábitos e o envolvimento de profissionais de saúde como nutricionistas, endocrinologistas, treinadores físicos, entre outros.

O nosso objetivo com esse artigo é passar dicas de como emagrecer de forma saudável e a melhor maneira de perder peso , como é importante investir numa reeducação alimentar ao longo dessa jornada e qual é a influência da sua consciência corporal no processo de emagrecimento. Acompanha comigo!

 

Como Emagrecer com Saúde 

melhor maneira de perder peso

Emagrecer e ter um porte físico que seja considerado ideal nunca esteve tão em alta.

E é normal que essa preocupação ocupe a mente muita gente, visto que a obesidade e o sobrepeso atingem cada vez mais pessoas no mundo, segundo a OMS.

Os números levantados em conjunto pela Organização das Nações Unidas para Alimentação e Agricultura (FAO) e a Organização Pan-americana de Saúde (OPAS) são alarmantes.

Mais da metade da população brasileira tem sobrepeso e quase 20% da população adulta é obesa.

Infelizmente os números só aumentam e as consequências desse quadro são doenças crônicas como diabetes e problemas do coração, motivados por uma rotina muito corrida.

Com pouco tempo para se alimentar corretamente, o uso de alimentos altamente processados e nada nutritivos, nada de atividade física.

Entretanto, a maioria das pessoas atualmente busca maneiras de emagrecer que nem sempre fazem bem à saúde. Visite nossa pagina de artigos, clique aqui 

 

5 obstáculos mais comuns no seu processo de emagrecimento

Os especialistas em saúde e nutrição costumam dizer que a equação de sucesso para emagrecer é investir 30% do seu esforço em atividades físicas e 70% na mudança de hábitos alimentares.

Mas a gente sabe que na prática, as coisas não são tão objetivas quanto na matemática. Por isso é importante identificar os grandes vilões do processo de emagrecimento e saber como vencê-los.

 

  1. Expectativa x Realidade

É comum criarmos uma grande expectativa com relação à perda de peso quando começamos uma dieta. Estamos super motivados, engajados e queremos resultados rápidos.

Para piorar esse quadro, é muito comum perder cerca de 4kg logo no início da dieta, o que faz com se crie uma expectativa difícil de se manter no decorrer do tempo. E é nesse momento que muita gente se frustra e volta aos velhos hábitos.

É preciso ter consciência de que o processo de emagrecimento vai dar resultados rápidos no início, mas a tendência é que o ritmo diminua e estabilize em determinado momento.

As primeiras semanas costumam ser atípicas e é preciso muita determinação para seguir no seu propósito.

 

  1. Mudanças no paladar

Investir em uma reeducação alimentar pode ser especialmente difícil para quem está habituado a comer muitos alimentos processados, carboidratos refinados e itens ricos em gordura e açúcar. Há quem diga que tudo o que é agradável ao paladar, engorda.

Mas eu garanto que é possível manter o prazer em comer substituindo alimentos potencialmente nocivos à sua saúde por uma alimentação mais natural e saudável.

Com o passar do tempo você vai depender cada vez menos do açúcar, vai se habituar ao real sabor dos alimentos e vai ficar intolerante ao excesso de gordura e carboidrato. Persista!

 

  1. Influência das pessoas

Algumas pessoas podem atrapalhar, e muito, o seu processo de emagrecimento.

Pode parecer uma grande inversão de valores, mas vai ter gente que vai fazer de tudo para que você abandone os seus novos hábitos, que vai insistir que você não deve se privar dos alimentos gordurosos que consumia e que não há vantagens em mudar o estilo de vida.

Portanto, procure se manter firme diante de situações como essas e tente se cercar de pessoas que o apoiem na sua decisão ou que também estejam em busca de melhorias na saúde física e mental.

 

  1. Balança

A balança é, talvez, o maior vilão do emagrecimento. Não tem pra onde correr, assim que começamos a dieta, passamos a conferir periodicamente os números da balança. Porém, esse não deve ser o único método para definir o sucesso da sua dieta.

A balança não mostra o que está acontecendo dentro do seu corpo, ela não tem como calcular se houve aumento da massa muscular, por exemplo. Por isso é importante desenvolver uma forte consciência corporal e acompanhar as mudanças como um todo.

 

  1. Hábitos alimentares

Hábitos são sequências de ações que executamos repetidamente e que acontecem automaticamente. Essas ações são adquiridas e construídas ao longo dos anos, por isso elas são tão difíceis de mudar.

Quando falamos sobre alimentação, as dificuldades são ainda maiores, pois além dos hábitos, temos que lidar com fatores metabólicos e hormonais que fazem com que tenhamos um desejo grande por alimentos ricos em gordura e açúcar.

Para ter sucesso na mudança de hábitos é preciso muita determinação e a ajuda de profissionais da área de nutrição e de saúde para não errar.

 

As dietas da moda funcionam?

melhor maneira de perder peso

De tempos em tempos aparece uma nova dieta que ganha destaque na mídia e passa a ser a nova queridinha de famosos e pobres mortais.

De maneira geral elas prometem corpo perfeito em pouco tempo e com o mínimo de esforço, ou seja, o sonho de qualquer pessoa que luta com a balança.

O problema é que essas dietas “milagrosas” geralmente não são eficazes a longo prazo e, de certa forma, estimulam as pessoas a se sentirem fracassadas.

Isso acontece porque no início há realmente uma perda de peso considerável, assim como em qualquer processo de emagrecimento.

Porém, em poucas semanas, a balança volta para o patamar anterior e a sensação que se segue é de derrota e a pessoa se vê enfrentando o famoso efeito sanfona.

De maneira geral essas dietas são ineficazes porque elas trabalham com restrições de grupos alimentares específicos, como o corte de carboidratos ou o aumento de proteínas, e além de ser muito difícil de manter esse tipo de alimentação a longo prazo, elas podem trazer riscos à saúde.

O nosso organismo precisa de uma gama complexa de nutrientes para se manter saudável e o grande erro das dietas da moda é que elas cortam não só os alimentos danosos como industrializados ultra processados, ricos em sódio e aditivos químicos, gorduras e excesso de açúcar.

Essas dietas cortam grupos alimentares importantes para a saúde do nosso organismo. Visite nossa pagina de dietas e veja qual é a melhor maneira de perder peso clique aqui.

Um exemplo é a falta de carboidratos, esse nutriente é um dos maiores responsáveis pela produção de serotonina (o hormônio da saciedade) e a sua falta pode provocar compulsão alimentar e aumento da ansiedade, o que dificulta ainda mais o processo de emagrecimento.

Já as dietas à base de gorduras e proteínas tendem a aumentar os níveis de colesterol e triglicerídeos, o que facilita o aparecimento de doenças do coração e a sobrecarga do fígado e dos rins durante a metabolização da proteína.

Confira algumas das dietas mais conhecidas e os possíveis problemas que elas podem trazer para a sua saúde.

 

  • Dieta paleolítica

Essa foi a dieta mais famosa em 2014 segundo relatório do sistema de buscas do Google. A ideia é que você deve se alimentar como os nossos antepassados das cavernas eliminando alimentos industrializados, laticínios, legumes e grãos.

Os defensores dessa dieta alegam que o nosso organismo ainda funciona como o dos nossos ancestrais e reage melhor ao consumo de carnes, verduras, frutas e castanhas. 

É uma dieta difícil de seguir, pois é muito complicado obter 100% dos itens da sua alimentação de origem natural, sem nenhum processo de industrialização e ela ainda pode sair pela culatra e causar ganho de peso e diabetes.

Isso acontece porque trata-se de uma dieta mais rica em gordura e pobre em carboidratos, Clique aqui e aprenda fazer corretamente a dieta paleolítica com o especialista no caso Rodrigo Polesso.

Veja nosso artigo: Dieta Paleo Como Fazer – 6 Perguntas e respostas

 

  • Dieta Atkins e Dukan

A dieta Atkins foi criada pelo cardiologista americano Robert Atkins e a dieta Dukan pelo médico e nutrólogo francês Pierre Dukan. As duas se baseiam em uma alimentação com pouco carboidrato e um consumo praticamente sem limites de proteína.

Esse tipo de dieta induz a um consumo pequeno de fibras e frutas e um consumo alto de proteína animal e gordura saturada, o que contribui para o risco de problemas cardiovasculares.

É preciso acompanhamento médico constante para garantir que os níveis de colesterol e ácido úrico estejam dentro do normal e existe ainda a baixa produção de serotonina que causa mau humor e mal estar.

Aprenda nesse artigo tudo sobre a dieta Dukan clique aqui.

 

  • Dieta mediterrânea

A dieta mediterrânea é baseada na alimentação de países dessa região como a Itália, Espanha, Grécia, Egito, Líbia, Marrocos, entre outros.

O cardápio é rico em frutas, hortaliças, cereais, leguminosas, oleaginosas, peixes, leite e derivados, vinho, azeite de oliva e diversas ervas aromáticas.

Essa é a dieta que mais se encaixa numa situação de reeducação alimentar, ou seja, ela é mais um estilo de vida do que uma dieta e por isso, traz muitos benefícios para quem a segue.

O excesso de sal presente em alimentos como azeitonas, queijos curados, presuntos, anchovas e alcaparras pode causar problemas de saúde e é preciso cuidado na quantidade de itens altamente calóricos como azeite de oliva e castanhas. Aprenda aqui como fazer a dieta mediterrânea clique aqui 

 

  • Dieta de jejum intermitente

A dieta do jejum intermitente é um plano de alimentação que envolve dias de restrição alimentar extrema (o jejum), dias de alimentação normal e dias de ingestão calórica elevada.

Alguns estudos garantem que essa dieta pode contribuir para a perda de peso a longo prazo, mas também pode trazer alguns malefícios, o que causa uma grande confusão na mente das pessoas.

Algumas pessoas apresentaram insônia depois da prática do jejum, foram observadas alterações hormonais em mulheres como irregularidades menstruais, distúrbios metabólicos, acnes, entre outros, além de distração e irritação.

Aprenda com nosso especialista no assunto Rodrigo Polesso a fazer o Jejum Intermitente da maneira correta e assista a apresentação dele do Código Emagrecer de vez clicando aqui 

Leia nosso artigo: Jejum intermitente – As 5 dúvidas mais frequentes

 

  • Dieta low carb

Como o próprio nome diz, a dieta low carb se baseia na diminuição (quase total) do consumo de carboidratos e investindo em refeições leves, gorduras saturadas e proteínas.

Ela já foi duramente atacada pela mídia por ter fama de induzir o consumo de muita gordura saturada causando problemas sérios ao organismo.

Veja nossos artigos: Como fazer a Dieta Low Carb – Guia completo exclusivo

Dieta low carb como funciona

 

➤ E lembre-se, a melhor maneira de perder peso e para emagrecer com low carb feita corretamente, veja o programa Código Emagrecer De Vez, clicando aqui

 

  • Dieta detox

A dieta detox se baseia no consumo de sucos purificantes, chás e sopas, ou seja, basicamente líquidos de três a cinco dias seguidos. Essa dieta é altamente restritiva e não deve ser aplicada por mais de três dias sob risco de causar sérios problemas de saúde.

Ela costuma ser indicada para aquelas pessoas que precisam perder medidas muito rapidamente para entrar em determinada roupa ou para participar de algum evento social específico.

Especialistas garantem que o peso perdido com esse tipo de dieta é basicamente a água que seu corpo tem armazenado e não se trata de gordura corporal.

Veja também: 5 receitas práticas de sucos para fazer Dieta Detox

 

Como emagrecer com saúde?

melhor maneira de perder peso

Perder peso com saúde consiste em uma equação bem conhecida por todos aqueles que algum dia já buscaram a ajuda de profissionais de saúde procurando reduzir os números da balança: o seu corpo deve gastar mais calorias do que consome.

É por isso que as duas medidas mais importantes para que você consiga chegar e, o mais importante, manter o peso ideal é praticar atividades físicas regularmente e ajustar seus hábitos alimentares.

Porém, para garantir que a saúde se mantenha, é preciso que isso seja feito de forma gradativa, com acompanhamento de especialistas e um cardápio variado.

As dietas muito restritivas, de maneira geral não funcionam porque ninguém consegue passar a vida toda comendo sempre os mesmos grupos de alimentos e também porque elas não ensinam as pessoas a se alimentar melhor.

Com o passar do tempo é muito fácil voltar aos velhos hábitos e voltar ao peso inicial.

O seu organismo interpreta uma dieta muito restritiva como uma ameaça, então ele trabalha contra esse esforço que você faz, ele armazena energia em forma de gordura para sofrer menos privações da próxima vez que você o obrigar a ficar sem determinados grupos alimentares.

O que queremos dizer é que passar forme não faz com que você emagreça, na verdade provoca um efeito contrário ao desejado, você acaba armazenado mais gordura do que deseja.

melhor maneira de perder peso

 

Emagrecer com reeducação alimentar

melhor maneira de perder peso

A melhor maneira de perder peso sem correr o risco de voltar ao peso anterior, o famoso efeito sanfona, e sem trazer riscos à sua saúde é fazer uma reeducação alimentar.

A reeducação alimentar permite que você coma de tudo, na medida certa, e não precise recorrer a medicamentos ou dietas milagrosas para ter resultados definitivos. A melhor maneira de perder peso com uma reeducação alimentar:

 

  • Fale com um especialista

A tentação de começar uma reeducação alimentar por contra própria, seguindo receitas genéricas da internet ou o cardápio que um médico receitou para uma amiga é muito grande. Mas evite.

Cada organismo é único. Se você quer fazer isso direito, então consulte um especialista em nutrição que vai avaliar a sua saúde e definir o cardápio com a quantidade de calorias mais apropriadas para você.

 

  • Não pule refeições

Alguns especialistas sugerem que você se alimente de 3 em 3 horas para controlar a fome, porém essa prática não é recomendada para todas as pessoas.

O ideal é que você não pule nenhuma refeição do dia, ou seja, é preciso tomar café da manhã, almoçar e jantar religiosamente.

Pular refeições faz com que você fique faminto algumas horas mais tarde e ataque a comida sem limites, ou seja, você come muito mais do que deveria para compensar o longo período sem se alimentar.

 

  • Mastigue bastante os alimentos

Hoje em dia é muito comum as pessoas engolirem a comida enquanto falam ao celular, respondem e-mails, assistem a TV e essa não é a melhor maneira de perder peso quando você esta cuidando da sua saúde.

Esse é um hábito altamente prejudicial. Você precisa transformar a hora das suas refeições em momentos sagrados e de muita tranquilidade.

Se você não presta atenção ao que come, não sente o sabor dos alimentos, não está atento à quantidade de comida que ingere e come praticamente sem mastigar.

Ao mastigar bem os alimentos você contribui para uma melhor digestão e não come mais do que precisa para se sentir saciado.

 

  • Reduza a quantidade de alimentos industrializados

Alimentos industrializados são altamente processados e recebem diversos aditivos químicos como corantes, conservantes, aromatizantes, sódio em excesso, entre outros e que fazem muito mal para o nosso organismo.

Pode parecer muito difícil no início, mas você só tem a ganhar. Uma alimentação mais natural é mais saudável é a melhor maneira de perder peso, diminui a intoxicação do organismo, aumenta a disposição, diminui a retenção de líquidos e melhora a sua saúde como um todo.

 

  • Reeduque o seu paladar

Comece aos poucos, não seja radical. Você pode começar a sua reeducação alimentar pelos líquidos retirando bebidas como refrigerantes e sucos adoçados do cardápio e investindo em sucos naturais e água.

Se sentir necessidade de adoçar as bebidas, procure usar adoçantes naturais como a estévia, mel ou melado.

O próximo passo é partir para os sólidos. Retire da despensa comidas prontas, biscoitos recheados, salgadinhos, bolos prontos.

Comece a encher a geladeira com alimentos frescos e naturais como legumes, grãos e carnes magras.

Por fim é hora de atacar os temperos. Elimine da lista de compras os temperos prontos industrializados como os famosos caldos em cubinhos.

Eles são muito ricos em gordura e sódio e mascaram o real sabor dos alimentos. Diminua o sal das suas receitas e invista em temperos frescos como manjericão, salsa e alecrim.

 

Emagrecer com atividades físicas

melhor maneira de perder peso

A chave para emagrecer é inserir exercícios físicos na sua rotina diária. É importante que você escolha uma atividade que você goste para que isso se torne um prazer e não um castigo.

Além disso, a melhor maneira de perder peso com exercícios é eles serem variados para que você se mantenha motivado.

Atividades físicas regulares trazem benefícios a longo prazo para qualquer pessoa, não só para quem quer perder peso. Pessoas de todas as idades se beneficiam, pois ser fisicamente ativo:

  • Faz com que a pessoa se sinta bem consigo mesma;
  • Diminui as chances de problemas psicológicos como ansiedade e depressão;
  • Ajuda a dormir bem;
  • Aumenta as chances de viver mais;
  • Fortalece os músculos e ossos;
  • Mantem o peso ideal;
  • Ajuda a fazer amigos e se divertir.

Os melhores exercícios para perder peso costumam ser os aeróbicos de intensidade moderada, confira a lista de atividades que vão te ajudar a diminuir medidas:

melhor maneira de perder peso

Corrida

A corrida é um exercício que faz bem não só para o corpo, mas também para a mente. E para perder peso correndo é importante que você comece devagar, principalmente se você está saindo de um período longo de sedentarismo.

Respeite os seus limites, intercale a caminhada com um trote bem leve e inclua alguns exercícios de fortalecimento dos músculos e articulações.

 

Natação

Nadar é uma atividade que trabalha com diversos músculos do corpo, ajuda a perder peso e, ao mesmo tempo, é relaxante e prazerosa.

Além disso, é o tipo de atividade recomendada para quem tem problemas articulares e deve evitar exercícios de alto impacto.

 

Ciclismo

Andar de bicicleta emagrece de verdade e isso acontece porque pedalar é um exercício aeróbico potente e que queima muitas calorias.

Em uma hora de atividade é possível perder até 700 calorias! E não é só isso, pedalar é ótimo para trabalhar as coxas, as panturrilhas e os músculos abdominais.

 

Caminhada

A caminhada emagrece, traz benefícios para a circulação sanguínea, ajuda na postura e ataca principalmente a gordura acumulada na barriga.

Uma caminhada rápida de 1 hora de duração pode fazer com que você queime até 400 calorias, ou seja, dá pra perder meio quilo por semana somente com esse exercício!

melhor maneira de perder peso com exercícios é o programa do Vinicius Possebon que te faz ter resultados de 1 ano e apenas 8 semanas Clique aqui para conhecer o programa Q48

 

Dança

Dançar ajuda a perder medidas, promove o desenvolvimento do raciocínio, melhora a expressão corporal, mexe com as emoções, a concentração e a coordenação motora.

É uma atividade muito divertida e que auxilia na manutenção do bem-estar e da autoestima, além de dar uma mãozinha na socialização.

E aí, gostou das nossas dicas? Queimar gordura corporal não é fácil e a verdade é que não existem soluções milagrosas. É preciso muita determinação, força de vontade, foco e um bom acompanhamento médico para atingir o seu objetivo.

Confie em si mesmo e fique firme no seu propósito. Continue acompanhando os nossos artigos com mais dicas de emagrecimento saudável.