Ansiedade emagrece ou engorda?

Ansiedade emagrece ou engorda? Primeiro de tudo, é preciso ficar bem claro que a ansiedade é um distúrbio psicológico e pode causar inúmeros efeitos danosos em sua vida, trazendo prejuízos tanto físicos, como nas relações amorosas, profissionais e sociais. Sendo assim, devemos ter todo cuidado com ela.

Ansiedade emagrece ou engorda

Seus efeitos físicos são variados, mas diretamente relacionados ao peso, que podem tanto engordar em alguns casos, quanto emagrecer em outros. Por se tratar de uma doença, é desnecessário dizer que, em qualquer caso, a perda ou o ganho de peso por meio dela não significa nenhuma vantagem, ainda que seja seu objetivo.

 

Mas, ansiedade engorda?

Tá, já vi que você vai insistir nessa pergunta. Na maioria das vezes, a ansiedade está ligada ao aumento de peso. Isso ocorre sobretudo nos casos em que a doença persiste por muito tempo. Normalmente, ela está ligada a efeitos hormonais, alimentares ou comportamentais e deve ser devidamente tratada.

Em relação aos hormônios, a ansiedade pode aumentar a produção de cortisol, o popular hormônio do estresse. Ele está intimamente ligado à produção de gordura no seu corpo, o que acarretará no aumento de peso.

Nas questões alimentares, a ansiedade fará com que seu apetite aumente. Como desgraça pouca é bobagem, ela também fará com que seu interesse por alimentos com alto teor de açúcar seja aquele que irá despertar o seu desejo, já que é uma espécie de busca por algo prazeroso para fugir do seu estado emocional.

Quando o assunto são os efeitos comportamentais, vale citar dois males muito comuns: a apatia e a aceleração. A apatia faz com que você perca qualquer interesse em exercícios físicos e a aceleração impede que você faça refeições saudáveis e comendo mais rápido do que deveria. Como todos sabem, quem come rápido demais, acaba comendo mais do que o necessário 

 

E quando a ansiedade emagrece?

Está ligada principalmente a razões alimentares e comportamentais.

Existem casos em que, muitas vezes movidas por uma ansiedade de curta duração, aguardando resultado de algum exame ou nota de alguma prova, por exemplo, a pessoa não consegue se concentrar em outra coisa e perde até mesmo o apetite.

A razão comportamental se refere a possibilidade da perda de peso pela agitação nervosa ou devido à pouca sociabilização, que muitas vezes significa comer menos.  

 

Como controlar a ansiedade?

Três fatores devem ser considerados no controle da ansiedade:

1# – Consuma muita vitamina C. Muito presente em frutas, ela reduz a produção de cortisol.

2# – Consuma alimentos que contém ômega 3, sardinha e salmão, e aqueles que contenham triptofano, como banana e arroz integral.

3# – A prática de exercícios físicos libera serotonina e provoca relaxamento, portanto também deve ser considerado.

 

A procura de um médico é mais do que uma opção, trata-se de uma necessidade e que não pode ser ignorada. De forma alguma subestime os efeitos, pois estamos falando de uma doença.

 

Artigos que podem te ajudar:

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *