Porque você está recuperando todo o peso que perdeu

Você já se perguntou porque está recuperando todo o peso que perdeu? Perder e recuperar peso de forma muita rápida faz muito mal ao organismo. Bilhões de pessoas pelo mundo inteiro, segundo a Organização Mundial da Saudade (OMS) estão obesas.

Porque você está recuperando todo o peso que perdeu

O impressionante é que boa parte de quem perdeu mas recuperou em pouco tempo o peso de antes ou até ficaram mais gordas é porque se privaram de alimentação, com dietas rigorosas, mas voltando a comer desenfreadamente. O resulta disso é o efeito sanfona.

Emagrecer e engordar ciclicamente é um mero resultado de péssima dieta. Quem fecha a boca para tudo que costumava comer, muitas vezes por toda a vida, da noite para o dia até emagrece.

As tentações, porém, tornam-se tantas que a pessoa volta a comer quase que alucinadamente. Por isso, a pessoa, depois de perder peso, recupera em pouco tempo.

 

Quais as consequências na instabilidade do peso?

Perder peso e recuperar em pouco tempo acarreta em danos sérios à saúde do indivíduo. Imagine que seu próprio corpo se torna seu inimigo, ou você se torna inimigo dele. O motivo para se pensar assim está nas defesas do organismo.

Ora, se o corpo não recebe o alimento de que está habituado, ficando por muito tempo em jejum, uma luz de alerta é ligada. O cérebro passa a interpretar a falta de alimentação como um risco ao organismo.

A consequência disso é contrária a que se deseja, pois ao invés de perder calorias o corpo passa a gastar menos, acumulando-as. O efeito colateral é um metabolismo lerdo. Assim, o peso perdido começa a se recuperar.

 

Como evitar esse tipo de situação?

O primeiro passo para evitar de perder peso e recuperar em pouco tempo é não embarcar em dietas rígidas que indiquem longas horas sem comer. O segundo passo é manter uma dieta equilibrada, fazendo os devidos ajustes com orientações profissionais de nutricionistas e médicos.

 

Como saber se o emagrecimento está correto?

Perder peso sem recuperá-lo em pouco tempo é possível, de maneira saudável. Em tese, nosso corpo é constituído de massa magra, com os seguintes elementos:

 

  • Músculos;
  • Ossos;
  • Órgãos;

 

Além disso, também possuímos massa gorda, que exerce a função de depositar a gordura e também fica responsável pela produção e regulação dos hormônios corporais que reduzem o peso, entre outras funções vitais para nossa sobrevivência.

O melhor indicador de que a dieta está em boa direção é por meio da avalição da composição corporal. Nesses casos, aparelhos próprios são utilizados para que a discriminação entre gordura e massa magra seja feita.

 

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *